Acesso Rápido

PEREGRINAÇÃO DA COMUNIDADE PORTUGUESA DE LYON EM FOURVIÈRE

7

No fim de semana do 12 e 13 de maio, a Comunidade católica portuguesa da Diocese de Lyon, prestou homenagem a Nossa Senhora de Fátima, com a sua peregrinação anual à Basílica de Fourvière, em Lyon (69).

A Comissão organizadora tinha convidado o Padre Basileu Pires, vindo de Macedo de Cavaleiros, para animar esta peregrinação, com o Capelão da Comunidade portuguesa, o Padre Cónego Eric Besson.

«Tive todo o gosto em participar nesta manifestação de fé da Comunidade portuguesa. Senti-me em Portugal, em Fátima, tal era o fervor das duas assembleias, no sábado e no domingo» Disse o Padre Basileu Pires ao LusoJornal. «Foi durante a procissão de velas, recitando o terço, e também no encontro com a imagem da mãe de Deus, onde eu pude lembrar a necessidade de termos a fé, e também de crescermos nos valores do batismo e de os vivermos. Fátima é uma grande manifestação de fé, de exemplo para o mundo, e hoje estamos também em comunhão com Fátima, em Portugal, e todos os peregrinos do mundo».

Mais uma vez, a Comunidade portuguesa de Lyon e arredores, juntou-se para viver a fé Mariana e no sábado, a procissão de velas reuniu cerca de mil e quinhentas pessoas. No domingo, perto de dois mil e quinhentos fieis participaram na celebração da Eucaristia, seguida do terço recitado na Basílica.

Este ano, devido às condições atmosféricas que foram de muita chuva, não teve lugar a habitual procissão nas ruas adjacentes da Basílica.

Estiveram também presentes várias delegações vindas de outros pontos da região, como Montluel, Belville, Neuville, Croix Rousse, e Lyon onde a Comunidade portuguesa presta homenagem a Nossa Senhora de Fátima em datas diferentes, no decorrer do ano, de maio a outubro.

«De ano para ano, a Comunidade portuguesa está a dar mais importância a esta manifestação» constata o Padre Eric Besson ao LusoJornal. «Já no ano passado, ano do Centenário das Aparições, podemos ver que cada vez há mais gente a participar e a querer viver a fé em Deus e a devoção à Virgem Maria».

Um grande dispositivo de segurança policial, com a participação de vários membros da Comissão, foi ativado este ano, visto o grande risco de atentado, que visam estes locais religiosos como a Basílica de Fourvière e a catedral de St Jean em Lyon.

Neste mês de maio, a Comunidade terá ainda a oportunidade de venerar a Virgem Maria em Montluel, no fim de semana do 26 e 27 de maio.

/ LJ

Comentários estão fechados.